terça-feira, 26 de junho de 2007

Dona Ane e seus nove "maridos"


Quero me "casar" umas nove vezes...Sonho com o Natal em que reunirei todos os meus "ex-namoridos" e comemoraremos todos felizes e contentes, bebendo um bom vinho...
O que me atrai para essa empreitada é a possibilidade de viver coisas novas e aprender com cada um deles...Sim, porque a regra é nunca "casar" com alguém que tenha a mesma profissão que algum "marido" anterior.
Minha lista conta com um arquiteto, pois eles são uns fofos...sensíveis na medida certa! Com um economista (mas ele não pode ser muito malvado...tipo executivo sem escrúpulos..), para me ensinar a lidar com meu rico dinheirinho; um biólogo, porque tenho muita queda por eles; eles defendem a natureza e são super bicho-grilo, pelo menos na época da faculdade, viveremos numa casinha e comeremos vegetais orgânicos que nós mesmos plantaremos; um músico porque eu acho super charmoso e boêmio; um jornalista (mas que por favor que não escrevam para algo tipo Veja ou O Estadão...), sempre achei essa profissão muito legal, um filósofo, pois tbm acho que tem todo um charme especial; o último deve ser necessariamente um cientista social, para que na velhice a gente passe o dia discutindo Marx, Lévi-Strauss e por aí vai...Os que faltam para completar nove ainda não defini muito o que poderiam ser...Sou uma pessoa aberta às possibilidade que a vida pode me proporcionar...
Prometo amá-los bastante, nossas relações serão amigáveis e agradáveis, mas quando eu tiver aprendido tudo com ele, e ele comigo, estará na hora de nos separarmos. Tudo muito civilizadamente diga-se de passagem. "Foi ótimo pra mim, você é realmente especial querido! Mas chegou ao fim. Podemos ser amigos! Quer assistir um filme e comer pipoca no sábado?" Assim...bem naturalmente... Eles vão me adorar como ex! Vou ajudá-los com as mulheres (lógico que depois de analisar se elas estão à altura dos meus amados ex!). Seremos muito felizes. Eu e meus nove "(ex) maridos"
Tudo isso até chegar alguém que me faça não querer olhar para mais ninguém e me convença a passar o resto da minha vida com ele mesmo que seja na "mesmice", acabando assim, com todo um plano arquitetado por anos...


PS: Alguém pode me ajudar?
Recebi uma mensagem muito enigmática esses dias, dizia assim:
Te vejo,
porém, somente
te vejo...
Acho que meu poder de abstração não está muito bom...não entendi muito bem o que o mocinho em questão (que tem namorada, diga-se de passagem) tentou me dizer...Será que é uma mensagem subliminar?

beijo!


Postado por Ane Talita às 6:18 AM |



 
domingo, 10 de junho de 2007

Dia sem namorado




O dia dos namorados está aí...E como eu não tenho um, ao invés de ficar me lamentando como uma menina boba, vou aproveitar para lembrar ( e inventar se for preciso) as maravilhosas vantagens de se estar solteira...
1) Podemos ficar com quem quisermos. E ao descobrir que o dito cujo é um idiota como todos os anteriores que já passaram pela sua vida, podemos imediatamente escolher nossa próxima paixonite (Ok!Não é tão simples assim, mas aqui estamos lidando com tipos ideais).
2)Ir à todas baladas com as amigas, dar muita risada, falar bobagens e no outro dia ter muitos bafões para lembrar...
3)Estabelecer SUAS prioridades, sem se preocupar com a agenda e/ou disposição do outro.
4)Ter certeza de que se o Rodrigo Santoro ou o Gael García chegarem em você; você não perderá a oportunidade e não terá peso na consciência (se bem que se eu tivesse namorado e um desses dois aparecesse, mandaria minha consciência ir passear, tenho uma teoria para esses casos, que discutirei num outro post!).
5)Com o dinheiro que você gastaria com um presente para ele, compre aquela bota que você paquera faz tempo. Pode ter certeza que ele te daria uma blusinha feinha, afinal eles não entendem muito de moda ( e se entender, na boa, desconfiem, pois ou são gays-que são ótimos, mas não para namorar-ou são metrossexuais-que, na minha humilde opinião também não são para namorar, eles pegam o seu hidratante!).
6)Não existe ( pelo menos por enquanto) a possibilidade de você ser traída, enganada e ainda por cima a última a saber!
7)Poder idealizar ( mesmo que depois ele não seja nada do que você imaginava) seu próximo namorado.
8)Poder sair sempre que quiser com seus amigos, sem ter alguém pra ficar te enchendo por causa de ciúmes.
9)Não ter que discutir a relação.
10) Não precisar tentar sempre agradar o outro, mesmo que para isso tenhamos que nos anular de vez em quando...

Até o dia da semana está a favor dos solteiros.Tem dia mais sem graça do que terça-feira para se comemorar o dia dos namorados? Ainda mais nesse frio? (Tudo bem que ficar juntinho nesse frio é bom...mas na quarta todo mundo trabalha ou estuda...)


PS: Apesar de tudo, o amor continua lindo não é? brega, porém lindo...Quem sabe um dia o grande amor da minha vida resolve aparecer justamente na minha vida? Se bem que estou começando a achar que minha alma gêmea nasceu morta e resolvi começar a ver o lado bom das coisas...


Postado por Ane Talita às 9:13 PM |



perfil
Ane Talita,21 anos,futura cientista social,possui síndrome de Peter Pan,gosta da calma da praia,mas também gosta da cidade,gosta de sol,mas também gosta de chuva,se dá o direito de gostar de coisas contraditórias.Acredita que o mundo pode ser um lugar melhor e está fazendo a sua parte!


about
Penso com a pele. E uma vez que cansei de opor a razão a tudo, me falta o por quê do cerébro.


posts anteriores
Só um minutinho...
o que será que me dá?
Fechado.
Na sopa
?
morada.
(!)
!
mini-conto, 2 anos entre outras coisas
A primeira hora de 2009


arquivos
Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Outubro 2009 Novembro 2009


outras estações
A Bailarina
Ácido Poético
Aruayê
A vida é cor de rosa
Baba Cósmika
Benjamin, Brecht e Antropologia Blônicas
Casa & Coisas & Tal
Chá de Tharântulas
Contos da Camaleoa
Conversa de Terapeuta
Despojo
Devaneios e Loucuras
Diz,Aline!
Do amor, Laico impropério
(Doenças)Crônicas
Drapetomania
Essência no Ar
Fina Flor
Fragmentos de Jô
Guria
Heteroglossias
Hialoplasma
Infinito Particular
Li du Surf
Mothel
Namastê
Nosensosociais
Nuvens no Varal
O Insólito Ululante
Pagina a Dois
Posta Restante
Relatos de Uma Guerra Pessoal
Sabe de uma coisa?
Surto Psicossomático
O Vestido Estampado
Xexelento's


"profissas"
Andréa Del Fuego
Antonio Prata
Bianca Rosolem
Bruna Beber
Cecília Giannetti
Clara Averbuck
Cléo Araújo
Índigo
Ivana Arruda Leite
João Paulo Cuenca
Marcelino Freire
Marcelo Montenegro
Mário Bortolotto
Mônica Montone
Rosana Hermann
Santiago Nazarian
Tati Bernardi
Xico Sá


design
Layout por Helô Moreira