sexta-feira, 30 de março de 2007


Ele escrevia extremamente bem e ela adorava seus textos...
Ele parecia saber tudo ela era uma menina assustada...
Ele era do tipo de cara mais maduro, com óculos, barba e jeitinho de intelectual tímido, exatamente o tipo que ela mais gostava...
Ela já se sentia familiarizada com a goiabeira que ele teve, com a sua avó que o ensinou a ser subversivo e com as plantas que ele tem no seu apartamento...
Mas ele não a conhecia...


PS: o ele em questão é o Antônio Prata, estou numa fase de amor platônico por este escritor...hahahaha...os textos do cara são fodas!!! Se ele quisesse eu ia até pro Alasca com ele, só para ouvir as suas histórias...

PS1: Sobre minhas dúvidas do post anterior, encontrei um poema do Drummond, que vem à calhar...
LEMBRETE
Se procurar bem, você acaba encontrando
Não a explicação (duvidosa) da vida
Mas a poesia (inexplicável) da vida.


Postado por Ane Talita às 1:32 PM |



 
domingo, 25 de março de 2007

Alguém me explica?



Alguém me explica alguma coisa sobre a vida?

Alguém me explica como agir, o que dizer, o que sentir?

Quem sabe o que fazer nesse mundo louco?

O que realmente interessa não aprendemos na escola...É um aprendizado muito mais doloroso, porém com seus momentos de prazer...

Acho que não sei nada...nada do que realmente importa, nada do que preciso saber...

Tem um monte de coisas aqui dentro, que deculpem queridos...precisava colocar pra fora...

Palavras sem nexo...

Frases que não terminam...

Uma montanha de sensações estranhas...

Acho que tô ficando velha, embora vá fazer apenas 20 anos...

Acho que ainda não fiz nada de especial, embora tenha uma vida pela frente...

Planos, planos, planos....Cansei de esperar o mais tarde que não chega!

Como diria Drummond: "E agora José?"

Ai...cansei!

[por hoje]



PS: Queridos, desculpem....mas veio esse monte de coisas na minha cabeça e minha mão foi mais forte que eu...

Logo, logo, coloco um post decente aqui...


Postado por Ane Talita às 8:39 PM |



 
sexta-feira, 16 de março de 2007

Fantasia e Mundo real!


Alô! Alô! Planeta Terra chamando, planeta Terra chamando! Essa é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva, falando diretamente do mundo da lua. Onde tudo pode acontecer...
Imaginação, devaneio, fantasia. Um mundo a parte que construímos quando somos crianças, onde tudo é possível. Onde existem macacos voadores, sapos que viram príncipes, cachoeira de chocolate, sapatinhos de cristal, onde todo menino é herói que mata monstros cruéis comedores de gente, dragões cuspidores de fogo e onde todas as meninas são fadas.
Um paraíso onde tudo sempre acaba bem. Onde quando cansamos, damos uma pausa e depois podemos voltar para o mesmo ponto onde tinhamos parado.
Onde ficou esse lugar? Em que momento abandonamos a simplicidade e a verdade de quando éramos crianças?
Não conheço ninguém que tenha a resposta para essa pergunta.
Deixamos essas lembraças numa caixinha guardada na memória porque queremos ou porque as circunstâncias nos obrigam?
Outra pergunta sem resposta!
Quero meu jardim mágico de volta. Nem que seja por uns minutos. Quero acreditar que o impossível pode sim acontecer...Na verdade é isso que falta no mundo dos "adultos"!


Mudando de assunto!

Voltando ao mundo real...=/
Desculpe a demora para atualizar...mas é começo de semestre e eu já estou cansada, com tantas coisas para fazer!
Muita, mas muita leitura!
O mundo encantado da USP está de pernas para o ar...Gente é um absurdo, as pessoas não conseguem vagas para cursar as matérias!!! Tenho vários amigos que não conseguem fazer as disciplinas OBRIGATÓRIAS!!!! Sem contar as salas de aula hiper lotadas, onde não há condições de se aprender nada! Na aula de estatística por exemplo (sim, eu tenho que fazer essa matéria!) a sala tem 130 pessoas, eu não consigo escutar o que a professora fala, nem ver o que ela escreve na lousa!
E qual a solução que sempre acham para terem os problemas resolvidos? greve!!! como sempre!!!
Greve tem todo ano, isso não adianta mais, não dá resultados!!!
É preciso novas idéias!!!!
Bom...depois eu explico mais...tô atrasada para a aula de economia!


Postado por Ane Talita às 1:18 PM |



 
domingo, 4 de março de 2007

Tempo...


Tô esperando o meu futuro.
Amanhã, daqui uma semana, um mês, um ano, uma década...Como será?
Um mundo de possibilidades...
Amanhã
Amanhã
Amanhã
Vai ser tão legal!
Planos
Metas
Sonhos
E hoje?
Estamos nos esquecendo do agora.
Momento
Já!
Aqui e não ali!
Pensando no amanhã, eu perco o hoje.
E o agora é a semente do depois!
Hoje eu vou ser feliz!
Hoje eu vou falar eu te amo
Hoje eu vou rir
Hoje eu vou chorar
Hoje eu vou viver!!!
E amanhã?
Ah...amanhã a gente vê...


Mudando de assunto...
A semana da calourada foi ótima! Festas todos os dias, com direito a show do Teatro Mágico na quarta e churras com samba e futebol na sexta...=)
Conheci bixos mto bacanas...
E muitas pessoas que insistiam em se esconder pelos corredores da FFLCH e que eu teimava em não ver... Mas que são incríveis! Demorou um ano pra gente se trombar...mas agora...quem segura?
Tudo que é bom dura pouco...E semana que vem tudo volta so normal...Por falar nisso...Esse final de semana eu estou apanhando do Marx! Como é difícil os textos do companheiro dos proletários! Mas quando vc consegue pegar o ritmo, ele se torna incrível!
Companheiros uni-vos!


Postado por Ane Talita às 12:30 PM |



perfil
Ane Talita,21 anos,futura cientista social,possui síndrome de Peter Pan,gosta da calma da praia,mas também gosta da cidade,gosta de sol,mas também gosta de chuva,se dá o direito de gostar de coisas contraditórias.Acredita que o mundo pode ser um lugar melhor e está fazendo a sua parte!


about
Penso com a pele. E uma vez que cansei de opor a razão a tudo, me falta o por quê do cerébro.


posts anteriores
Só um minutinho...
o que será que me dá?
Fechado.
Na sopa
?
morada.
(!)
!
mini-conto, 2 anos entre outras coisas
A primeira hora de 2009


arquivos
Janeiro 2007 Fevereiro 2007 Março 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Dezembro 2007 Janeiro 2008 Fevereiro 2008 Março 2008 Abril 2008 Maio 2008 Junho 2008 Julho 2008 Agosto 2008 Setembro 2008 Outubro 2008 Novembro 2008 Dezembro 2008 Janeiro 2009 Fevereiro 2009 Março 2009 Maio 2009 Julho 2009 Agosto 2009 Outubro 2009 Novembro 2009


outras estações
A Bailarina
Ácido Poético
Aruayê
A vida é cor de rosa
Baba Cósmika
Benjamin, Brecht e Antropologia Blônicas
Casa & Coisas & Tal
Chá de Tharântulas
Contos da Camaleoa
Conversa de Terapeuta
Despojo
Devaneios e Loucuras
Diz,Aline!
Do amor, Laico impropério
(Doenças)Crônicas
Drapetomania
Essência no Ar
Fina Flor
Fragmentos de Jô
Guria
Heteroglossias
Hialoplasma
Infinito Particular
Li du Surf
Mothel
Namastê
Nosensosociais
Nuvens no Varal
O Insólito Ululante
Pagina a Dois
Posta Restante
Relatos de Uma Guerra Pessoal
Sabe de uma coisa?
Surto Psicossomático
O Vestido Estampado
Xexelento's


"profissas"
Andréa Del Fuego
Antonio Prata
Bianca Rosolem
Bruna Beber
Cecília Giannetti
Clara Averbuck
Cléo Araújo
Índigo
Ivana Arruda Leite
João Paulo Cuenca
Marcelino Freire
Marcelo Montenegro
Mário Bortolotto
Mônica Montone
Rosana Hermann
Santiago Nazarian
Tati Bernardi
Xico Sá


design
Layout por Helô Moreira